Notícias

Voltar

Produção de açúcar soma 2,94 mi de t na 1ª quinzena de julho, queda de 2,84%

29.07.2021

A fabricação de açúcar no Centro-Sul do Brasil foi de 2,994 milhões de toneladas nos primeiros 15 dias de julho, queda de 2,84% ante os 3,030 milhões de toneladas de igual período de 2020, informou há pouco a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) em levantamento.

O mix sucroenergético na quinzena ficou em 52,87% para o etanol e 47,13% para o açúcar. O mix mais alcooleiro se deve à reação nos preços do biocombustível (principalmente o anidro) e a uma tentativa do setor de garantir a mistura de 27% na gasolina. "As unidades produtoras permanecem priorizando a produção do etanol utilizado como aditivo à gasolina, registrando sucessivos aumentos ao longo das quinzenas", afirmou no boletim o diretor Técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.

A produção de etanol alcançou 2,161 bilhões de litros na primeira quinzena de julho, 1,17% a mais do que os 2,136 bilhões de litros de igual período do ciclo 2020/21. Desse volume, 129,95 milhões de litros foram de etanol de milho.

Do total de biocombustível produzido, o hidratado, utilizado diretamente no abastecimento dos veículos, representou 1,272 bilhão de litros, enquanto o etanol anidro, adicionado à gasolina, somou 889 milhões de litros. O volume do anidro representa um avanço de 32,00% na comparação anual; já o do hidratado apresenta queda de 13,03% .





Fonte: Broadcast