Notícias

Voltar

Usineiros descartam danos significativos causados por geadas

07.07.2021

O tempo frio e as geadas da semana passada não devem causar danos graves aos canaviais brasileiros, de acordo com usineiros consultados pelo diretor da Archer Consulting, Arnaldo Corrêa. Em artigo publicado no fim de semana, ele escreveu: "Nove entre dez usineiros consultados descartaram qualquer dano significativo nos canaviais em decorrência do frio. 'Somente algumas baixadas foram afetadas', disse-me um executivo". O mesmo executivo, afirma Corrêa, lembrou que só 35% da cana foi colhida, portanto ainda há tempo para as áreas atingidas se recuperarem, e que uma nova geada no final de agosto seria mais prejudicial, pois comprometeria a cana da safra 2022/23.

Preocupações com o efeito das geadas nos canaviais brasileiros levaram os contratos futuros de açúcar demerara na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) ao nível mais alto em anos. Na sexta-feira, o contrato mais líquido, com vencimento em outubro, terminou em 18,15 centavos de dólar por libra-peso, enquanto o seguinte, para março do ano que vem, fechou em 18,37 cents/lb.





Fonte: Broadcast