Notícias

Voltar

Redução da meta nacional de CBios não muda planos de usinas

06.04.2020

A decisão do governo de reduzir a meta nacional de aquisição para os Créditos de Descarbonização (CBios) do Renovabio não muda os planos da Copersucar para o programa, diz Mônica Jaen, gerente de Sustentabilidade e Meio Ambiente da cooperativa.

Das 34 unidades da Copersucar, 18 já foram certificadas e até maio as demais também devem ser, com potencial para emissão de 6 milhões de CBios por ano-safra. “Vamos manter a certificação de 100% das nossas usinas e continuar transformando em CBios todas as notas fiscais”, conta. Há ainda a expectativa de que os créditos atraiam interesse externo.

Em curso

Possíveis ajustes nas metas não surpreendem, mas também não afetam as produtoras no curto prazo, afirma Mônica Alcântara, gerente de Sustentabilidade da Atvos: “A redução da meta nacional não deve ser tão imediata, o impacto pode ser maior a partir de 2021”.

Com todas as suas oito usinas certificadas até março, a empresa estima já ter gerado cerca de 100 mil pré-CBios nos últimos dois meses – período de entressafra. Para o ano-safra 2020/21, que começou este mês, o potencial de emissão chega a 2,3 milhões.

O resultado dependerá do desempenho das vendas, sobretudo no segundo semestre, quando pode haver a retomada do mercado.




Fonte: O Estado de S. Paulo