Notícias

Voltar

Crescimento do mercado agrícola em 2017 deve impulsionar renovação de frota no setor canavieiro

07.12.2016

Com a esperada melhora no segmento de máquinas agrícolas, Valtra já se prepara para estar à frente com a colhedora BE 1035e

São Paulo (SP), dezembro de 2016 – O próximo ano já é visto com bons olhos pelo produtor rural brasileiro. Clima mais favorável, custos estáveis, aumento da demanda chinesa, créditos para investimentos e a retomada da confiança do produtor rural. Esses fatores devem refletir nos números esperados: crescimento de 0,5% no segmento, e aumento esperado de 24% na renda agrícola brasileira, totalizando R$ 494 bilhões.
No mercado canavieiro, em particular, as expectativas são de uma recuperação gradual: aumento nos preços do açúcar e etanol, safra com começo antes do planejado e maior uso da biomassa como geração de energia são alguns dos aspectos-chave para a projeção de melhora do segmento. Alguns números esperados para a próxima safra são: 650 milhões de toneladas produzidas de cana-de-açúcar, 134 ATR (açúcar total recuperável) por tonelada e um salto de 21% no potencial da biomassa para consumo energético do País até 2024, saltando dos atuais 4% para 25% do total, segundo a Unica (União das Indústrias de Cana-de-Açúcar).
Um importante player global no setor sucroalcooleiro, o Brasil vê os resultados da melhor condição de preço no açúcar e no etanol começarem a estimular o cenário de operação da indústria, mas o retorno dos investimentos nos canaviais deve começar a refletir em crescimento somente a partir de 2018. Apesar disso, o mercado de máquinas agrícolas no setor canavieiro tem necessidade de renovar a frota. Esse processo deve começar a ser eliminado em 2017. “Muitos clientes que adiaram os investimentos em renovação por conta das dificuldades nos últimos anos já iniciaram o planejamento, e alguns já estão confirmando os pedidos para a próxima safra”, declarou Marco Antônio Gobesso, gerente de marketing de produto cana-de-açúcar da AGCO.
Gobesso destaca ainda a certa “independência” do crescimento na compra de máquinas agrícolas em relação ao desempenho da próxima safra: “O produtor rural compra máquinas por dois motivos: ou porque aumentou a área de plantio ou porque a máquina alcançou o limite. Em 2017, apesar de não ser esperado um crescimento significativo da safra, existe a necessidade de renovação da frota envelhecida. Temos clientes que deixaram de renovar o maquinário por conta da baixa remuneração, e agora que eles estão com a remuneração melhor, a ideia é renovar a frota independente do crescimento no próximo ano”.
Diante desse cenário, a Valtra, com toda a tradição que seu nome carrega no segmento, considera não só acompanhar esse crescimento, mas também aumentar sua participação por meio dos equipamentos de seu portfólio canavieiro, a exemplo da colhedora de cana BE1035e.
BE1035e
A colhedora de cana BE 1035e, a primeira a ser produzida na fábrica AGCO em Ribeirão Preto (SP), é uma máquina perfeita para colher em canaviais de grande produtividade. É de alta performance, econômica e foi desenvolvida com um motor ajustado para ter baixo consumo de combustível, baixa emissão de poluentes e, ainda, maior vida útil. Além disso, oferece um pacote de soluções que combina uma cabine confortável, pensada de forma ergonômica para o operador, com um sistema de telemetria que permite o monitoramento da máquina em tempo real, quer seja a partir da fábrica, da concessionária Valtra ou até mesmo do cliente.
Além da BE1035e, a Valtra conta com uma linha completa de soluções canavieiras para o produtor rural que já está se preparando para 2017. Para saber mais, basta acessar AQUI.

Sobre a Valtra
A linha de produtos Valtra inclui tratores de 50 a 375 cavalos, colheitadeiras, colhedoras, implementos e pulverizadores. No Brasil desde 1960, tem forte presença no segmento canavieiro e é a primeira empresa do setor a se instalar no País. A Valtra conta hoje com uma rede de mais de 160 pontos de venda e assistência técnica no Brasil, além de 13 distribuidores nos demais países da América Latina. A Valtra é uma das marcas pertencentes ao Grupo AGCO. Para saber mais sobre a Valtra, produtos e serviços visite nosso site http://www.valtra.com.br



Sobre a AGCO:
A AGCO (NYSE: AGCO) é líder mundial em concepção, fabricação e distribuição de soluções agrícolas, e apoia a agricultura produtiva com uma linha completa de equipamentos e serviços relacionados. Os produtos da AGCO são vendidos por meio de cinco marcas principais – Challenger®, Fendt®, GSI®, Massey Ferguson® e Valtra® –, contam com o suporte da tecnologia de precisão Fuse® e serviços de otimização agrícola, e são distribuídos globalmente por mais de 3.000 concessionárias e distribuidores independentes, em mais de 140 países. Fundada em 1990, a AGCO está sediada em Duluth, GA (EUA). Em 2015, a AGCO teve receita líquida de vendas de US$ 7,5 bilhões. Para mais informações, visite http://www.AGCOcorp.com. Para notícias da companhia, informações e novidades sobre eventos, siga-nos no Twitter: @AGCOCorp. Para informações financeiras no Twitter, siga a hashtag #AGCOIR.