Notícias

Voltar

Tereos fecha safra com alta de 11% na produtividade

30.11.2017

Safra de 2017/2018 encerrou nesta terça-feira com rendimento agrícola de 11,9 toneladas de açúcar por hectare contra 10,7 no período anterior.

A Tereos Açúcar & Energia Brasil, uma das líderes do setor sucroenergético brasileiro, fechou a safra de 2017/2018 com uma média de 11,9 toneladas de açúcar por hectare, um crescimento de 11% em relação à média da safra 2016/2017, que foi de 10,7 toneladas de açúcar por hectare.

No período, as sete unidades do grupo processaram um total de 20,2 milhões de toneladas de cana. O volume de cana moída foi 2% maior que na safra anterior, enquanto o volume total do Centro-Sul ficou menor 3,8%*. A Tereos fechou esta safra com um rendimento acumulado de 84 toneladas de cana por hectare (t/ha), enquanto no período anterior foram 78 t/ha.

Em relação ao ATR (teor de sacarose da cana), a Tereos registrou uma média de 141 Kg de açúcar por tonelada de cana, contra 136 Kg/ton na safra 2016/2017, alta de 4%. "Além do clima favorável, o bom resultado se deve à melhoria dos nossos processos agrícolas, melhor uso de variedades e aplicação da tecnologia e agricultura de precisão", afirmou Jacyr Costa Filho, diretor da Região Brasil do grupo Tereos.

O início da safra apresentou índices pluviométricos acima da média. Já no período de junho a agosto deste ano, a região registrou um volume 92% menor de chuvas do que em igual período do ano passado, contribuindo para uma maior concentração de sacarose.

Para a Tereos, a safra 2017/2018 terminou com um mix de 62,5% para açúcar e 37,5% para etanol.

*fonte: ÚNICA

Sobre a Tereos

Valorizar as matérias-primas agrícolas para o desenvolvimento de produtos alimentícios de qualidade é a nossa visão de longo prazo. Tereos é uma líder global nos mercados de açúcar, álcool, etanol e amidos. Os compromissos do grupo com a sociedade e com o meio ambiente têm contribuído com a performance da companhia no longo prazo, enquanto reforça nossa atuação responsável. O grupo Tereos é formado por 12 mil produtores cooperados, com reconhecido know-how no processamento de beterraba, cana-de-açúcar e cereais. Operando 49 unidades industriais e contando com 23.000 colaboradores em 16 países, Tereos atende seus clientes em seus mercados locais, com uma oferta ampla de produtos. No período de 2016/17, o grupo obteve uma receita de 4,8 bilhões de euros.

Tereos no Brasil

A Tereos no Brasil é composta pela Tereos Açúcar & Energia Brasil, Tereos Amido & Adoçantes Brasil e Tereos Commodities Brasil. No Estado de São Paulo, a melhor área agrícola brasileira para o cultivo de cana-de-açúcar, a Tereos Açúcar e Energia Brasil – detentora da marca Guarani, voltada para o varejo, e produtora de etanol e energia elétrica, proveniente da cogeração do bagaço de cana-de-açúcar – concentra suas sete unidades de processamento (Andrade, Cruz Alta, São José, Severínia, Mandu, Tanabi e Vertente) e duas refinarias (Cruz Alta e Andrade). Tereos Amido & Adoçantes Brasil, com operação em Palmital (SP), diversifica o portifólio da Tereos Brasil com a fabricação de produtos derivados de milho e mandioca. A Tereos Commodities opera como trade e, além de São Paulo, possui escritórios em Nova Deli (Índia), Nairóbi (Quênia) e Cingapura, além de Genebra (Suíça), onde se encontra a sede das operações.